Breathe In Breathe Out

domingo, 28 de junho de 2009

Perdão não se nega.

Não sou a pessoa mais indicada para debater sobre o perdão.
Admito era do tipo que guardava mágoas, no entanto, de tanto guardar esses sentimentos e de não ter coragem para pedir perdão, cheguei a me sentir sufocada e totalmente cansada de ficar relembrando todas as mágoas que havia dentro de mim, tendo assim desculpas para não mais falar com pessoas que me faziam falta.
Comecei há pensar perdoar é um ato divino e todos merecem uma segunda chance ou até terceira se assim valer a pena, mas perdoar não tem o mesmo significado que esquecer e algumas vezes pedir perdão é bem mais difícil que perdoar.
A capacidade de perdoar não se adquire de um dia para o outro, mas sim um sentimento que precisa ser plantado e regado diariamente para que possa florescer.
Compreendi que se um dia eu precise de perdão, primeiro tenho que ensinar e continuar aprendendo a perdoar, é claro que nem sempre vou conseguir essa magnitude, e que muitos atos ainda denomino como imperdoáveis, ninguém é de ferro!
Mas continuo regando minha semente, e tentando não negar dá outra chance para pessoas importantes.

---------------------------------------------------

  • Ouvindo: Creep - Radiohead
  • Livro: Meg Cabot - A mediadora 05- Assombrado
  • Filme: Anjos da Noite - o inicio.

Super-BeeeijoGnte;*


terça-feira, 23 de junho de 2009

Pateticamente correta

Não é porque completei 18 anos, que eu irei sair por ai fazendo besteiras para mostrar para meus amigos o quão “bacana” eu sou.
Para minha singela opinião o garoto(a) que acha que para se diverti precisa está bêbado ou que o adolescente fora da moda é aquele que não precisa de um baseado para poder rir com os amigos, essa pessoa um completo alienado patético.
Se eu sou pateticamente correta porque respeito minha família, não vou pra micareta me agarrar com todo o cara que me beijar,ou porque acredito na concepção de se for transar use camisinha (Porr...!), não fumo e odeio que fumem perto de mim é uma opção minha não querer morrer por causa de uma fumaça no meu pulmão, se for beber porque pegar o carro vai de táxi, ônibus, metrô, até a pé, e simplesmente acho muito idiota quem acha que tudo se resolve na porrada. Eu digo com o maior orgulho “EU SOU PATETICAMENTE CORRETA”.


domingo, 14 de junho de 2009

Colando os pedaços do coração ♥

'Mesmo depois de tanto entregar
seu coração pra quem não soube cuidar,
para quem não merecia....'


Cada um que passou arrancou um pedaço, alguns foram maiores, já outros tiveram pena e levaram apenas um pedacinho.
Mesmo depois de se entregar tanto e se arrepender, ela ainda está viva.
O coração mesmo muito machucado ainda bate.

Agora ela vai esperar o tempo sarar todas suas feridas, esperar o coração colar. Porque quando o amor chama-la novamente, ela irá se jogar de novo de cabeça, sem pára-quedas e sem nenhuma corda para se segurar , porque é assim. Não importa quantas vezes ela vai ter que colar todos os pedacinhos, o que importa é não desistir de amar.








Se vc é um dessas pessoas que acreditam no amor, irá adorar o video:



video