Breathe In Breathe Out

domingo, 2 de agosto de 2009

A Felicidade pode demorar.


Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado.
Às vezes nos falta esperança.
Às vezes o amor nos machuca profundamente,
e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa.
Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar,
tanto quanto precisamos respirar...é nossa razão de existir.
Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino.
Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta nosso coração pela falta de uma única pessoa.
Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver,
até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um pôr do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto.
É a força da natureza nos chamando para a vida......

. Luiz Fernando Veríssimo

10 comentários:

Caá disse...

e afinal, são as simples coisas da vida que nos faz viver né?

boa semana querida, beijos!

Fernanda disse...

acho que a vida seria chata demais se tudo fosse sempre tão perfeito,as vezes certos desapontamentos com quem amamos servem para nos ensinar algo...e isso é viver.

Beatrix disse...

"Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver, até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um pôr do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto.
É a força da natureza nos chamando para a vida...... " [2]

Tem selinho pra ti lá no blog.;*

Carolzinha disse...

-Confesso que o titulo me fez parar e pensar.. tão intrigante.

Tem selinho pra você querida, Beijos.

Mayana Carvalho disse...

sim, essa é a complexibilidade de viver e ser feliz.

Beijos

pequena disse...

Achei lindo rs

bjocas flor e boa semana@!

Tatá disse...

Falou Luiz Fernando Veríssimo!!

E eu prefiro me silenciar e saborear cada uma dessas palavras. :)
Ótima escolha, querida. :*

Tay disse...

noossa, sem palavras!
muito lindo o texto!

beijo :*

Mikaele Tavares disse...

Primeira vez, que venho no seu blog e gostei do estilo...
Amei esse texto
Acho que revela um pouco (só um pouco)do q estou passando...
Valeu pelas palavras!!!!
Isso me lembrou a minha última postagem...
Parabéns pelo blog
Bjsss

Emuxinha *-* disse...

adoreeei o texto *-*
lindo lindo ! :D
bjbjjjj :*